Taubaté

#AquiTemInstaCasa: Taubaté, a “aldeia elevada” de SP

A série #AquiTemInstaCasa desembarca, nesta nova aventura, no município de Taubaté, onde a InstaCasa está presente no empreendimento Recanto Tropical, em parceria com a Scopel Empreendimentos.

A cidade, localizada a 130 quilômetros da Capital do Estado de São Paulo, caiu na boca do povo em 2012, por conta de um meme, e até hoje desperta a curiosidade de muita gente que se aventura pelo interior paulista em busca de boas histórias pra contar. Por isso, preparamos um artigo especial contando a história da cidade, assim como curiosidades sobre Taubaté, inclusive a origem do meme que falamos anteriormente. Vamos conferir?

Vista aérea de taubaté
Imagem: Nagaoka Mídias Sociais

Taubaté, a “aldeia elevada” de SP

A origem do nome Taubaté está ligada à denominação de uma tribo de índios guaianás que habitava uma região nas proximidades onde hoje é parcialmente as ruas Capitão Geraldo, Coronel João Afonso, travessa São José e Largo do Chafariz, por nome TABA-YBATÉ, que significa aldeia (taba) elevada (ybaté).

Por volta de 1628, o bandeirante Jacques Fêlix recebeu da Condessa de Vimieiro, neta e herdeira de Martim Afonso de Souza, a missão de demarcar suas áreas. Após isso, Taubaté é passada a condição de Vila em 5 de dezembro de 1645, e recebe o nome de São Francisco das Chagas de Taubaté, que é o padroeiro do município. Tornou-se um centro irradiador de bandeirismo. Com o advento do ouro em Minas Gerais, instalou-se a Casa de Fundição de Ouro, onde hoje é a Praça Monsenhor Silva Barros, acelerando seu progresso no período colonial.

Participou do Ciclo do Café, na metade do século XVIII, e no século seguinte , em 1842, recebeu o título de cidade, sendo que por volta de 1900 foi a maior produtora de café do Vale do Paraíba. Foi uma das primeiras a participar da Revolução Industrial, com a instalação da CTI (Companhia Taubaté Industrial), em 1891. O franco desenvolvimento do município rendeu-lhe por muito tempo, o título de Capital do Vale, por ser um dos municípios que desempenhou papel importante na evolução histórica e econômica da região e do país.

Foto histórica de Taubaté
Imagem: IBGE

Capital Nacional da Literatura Infantil

Hoje, Taubaté é conhecida por ser a Capital Nacional da Literatura Infantil, por ter sido cenário que deu origem às obras de Monteiro Lobato. Foi na cidade que o escritor nasceu e passou toda a sua infância.

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor e editor brasileiro. “O Sítio do Picapau Amarelo” é sua obra de maior destaque na literatura infantil. Criou a “Editora Monteiro Lobato” e mais tarde a “Companhia Editora Nacional”. Foi um dos primeiros autores de literatura infantil de nosso país e de toda América Latina.

Ao lado da literatura infantil, Monteiro Lobato também deixou extensa obra voltada para o público adulto. Retratou os vilarejos decadentes e a população do Vale do Paraíba, quando da crise do café. Situa-se entre os autores do Pré-Modernismo, período que precedeu a Semana de Arte Moderna.

Lobato foi também jornalista, tradutor e empresário. Fundou a Companhia Petróleo do Brasil, à qual se dedicou por dez anos.

Adaptação para a TV da primeira versão de Sítio do Picapau amarelo
Imagem: Exame

Turismo municipal

Localizado no Vale da Paraíba, o município de Taubaté possui ótimos atrativos turísticos, como:

  • Sítio do Picapau Amarelo: o sítio, que era de propriedade do avô materno do autor, possui uma área de 18 mil metros quadrados onde atualmente fica o Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato. Em meio às árvores centenárias, o casarão colonial ainda preserva parte da mobília original pertencente a Lobato, além de alguns objetos pessoais e três aquarelas pintadas pelo próprio escritor;
Sítio do picapau amarelo, em Taubaté
Imagem: Viagem e Turismo
  • Santuário de Terezinha do Menino Jesus: o bispo de Taubaté, Nunes de Ávila e Silva, divulgou na região a vida e doutrina de Irmã Teresa do menino Jesus, iniciando junto a população um movimento para erguer uma capela em honra a Santa Terezinha, no asilo Largo da Cadeia. Após um grande arremate nas doações, a ideia de construir uma simples capela se transformou na construção de um majestoso santuário. As obras começaram em 7 de junho de 1923, sendo projetada e inspirada na igreja de Saint Pierre de Lisieux;
Santuário de Terezinha do Menino Jesus
Imagem: Guia Taubaté
  • Museu da Imigração Italiana de Quiririm: construído em 1986 no distrito de Quiririm em Taubaté, o majestoso casarão foi habitado pela família Indiani de 1903 a 1958. Restaurado, hoje o prédio abriga o Museu da Imigração Italiana e a sede do Circolo Italiano di Taubaté, uma associação de caráter sócio-cultural que visa a preservar a cultura e as tradições italianas em Taubaté. No dia 27 de junho de 2011, o Circolo Italiano recebeu da prefeitura municipal as chaves do sobrado e desde então é responsável pela preservação, manutenção e atividades culturais do Museu da Imigração Italiana;
Museu da imigração italiana
Imagem: Wikipedia
  • Cristo Redentor: no dia 31 de março de 1956, no bairro Alto do Cristo foi inaugurada a estátua do Cristo Redentor, com 23m de altura. Para erguer o monumento, foi chamado o escultor Octaviano Papaiz, que implantou a ideia da construção de um Cristo semelhante ao do Corcovado, que estava disponível em sua oficina. A estátua do Cristo Redentor passou a ser um dos principais pontos turísticos de Taubaté, em sua base está instalada uma capela dedicada Nossa Senhora da Paz. Localizada em uma colina urbanizada, o local apresenta uma vista geral do município, parte do Vale do Paraíba, além de ter ao fundo, a Serra da Mantiqueira e a Garganta do Piracangaguá;
Cristo redentor de taubaté
Imagem: O Globo
  • Museu Mazzaropi: museu localizado na cidade de Taubaté, dedicado ao cineasta e comediante brasileiro Amácio Mazzaropi. Criado em 1992 por João Roman Júnior como uma forma de homenagear Amácio Mazzaropi, possui um acervo de mais de 20.000 itens, entre fotos, filmes, documentos, objetos cênicos, móveis e equipamentos que contam boa parte da carreira do artista.
Museu Mazzaropi
Imagem: Mazzaropi

O meme da Grávida de Taubaté

Uma mulher, moradora do município, era dona de uma escola infantil e, na época, tinha um filho de quatro anos. Segundo seus relatos, ela teria descoberto inicialmente que estava grávida apenas de gêmeas, mas descobriu então que seriam quadrigêmeas. O caso da “Grávida de Taubaté” seria raro, já que, aproximadamente, uma em cada nove milhões de mulheres ficavam grávidas de quadrigêmeas, além do fato de que seu marido havia feito uma vasectomia. As supostas filhas se chamariam Maria Klara, Maria Eduarda, Maria Fernanda e Maria Vitória, e cada uma teria cores específicas para seus pertences.

Uma semana após ter sido revelada, ela já tinha aparecido em seis programas locais, com detalhes de sua gravidez, e passou a se ausentar da escola para gravar entrevistas fora de Taubaté. No dia 6 de janeiro de 2012, o G1 publicou a matéria “Casal que esperava ter gêmeos descobre que terá quadrigêmeos”, sobre o caso, que diz: “Os padrinhos […] já foram escolhidos. O quarto dos bebês também já foi arrumado. Ela está na 34ª semana de gestação, e as quadrigêmeas devem nascer ainda na primeira quinzena de janeiro”. Grandes canais passaram a fazer reportagens de seu caso. Ela apareceu no Hoje em Dia, um dos programas de maior audiência da RecordTV, e disse, disse no programa, que ela teria engordado em trinta quilos com sua gravidez, e sua barriga media 1,82 metro. Nesse mesmo programa, a patrocinadora Pampers entregou fraldas e o apresentador Edu Guedes chorou ao revelar que a equipe havia feito um quarto mobiliado para as bebês. Esta foi a aparição mais famosa da mulher, mas ela também apareceu em diversos meios de comunicação.

Acontece, entretanto, que toda a história era uma grande farsa. Chris Flores, na época apresentadora do Hoje em Dia, é reconhecida como a pessoa que “desmascarou” a Grávida de Taubaté. Ela contou que, antes de entrar no ar com mulher, disse para ela em seu camarim que não acreditava que ela estava grávida, mas a mulher rejeitou apresentar qualquer tipo de prova. Então, Chris pediu para que um repórter, que levaria a grávida até Taubaté após o programa, “descobrisse” se ela estava grávida ou não. No mesmo dia, ele foi ao médico e descobriu que a ultrassonografia que Maria apresentava como sua foi furtada da internet.

Segundo uma publicação do G1 em dezembro de 2012, após o caso, a suposta grávida “se isolou, procurou tratamento e viu a vida mudar completamente”. Ela mudou seu visual, ficando loira, e também seus hábitos. Procurou um psiquiatra, com quem teve acompanhamento até agosto. Na época da publicação, ela vivia na região central da cidade com o marido e o filho, cuidando de casa, pois a escola na qual trabalhava foi vendida.

Fantasias do meme da Grávida de Taubaté
Imagem: Fantasias Wiki

E então, ficou curioso para conhecer Taubaté? Conta pra gente na caixa de comentários abaixo! Ah, e lembrando: se você gosta desse tipo de conteúdo, assine nossa newsletter e não perca mais nenhum artigo da série #AquiTemInstaCasa.

*Capa: Prefeitura de Taubaté

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.