Como funciona uma placa de energia solar?

Um artigo do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul estima que, do Sol, a Terra recebe algo como a energia de 10 bilhões de Itaipús, uma das maiores hidrelétricas do mundo, ainda que esteja a 150 milhões de quilômetros dele. O Sol esquenta, ilumina, gera fotossíntese nas plantas e algas, evapora a água das chuvas, cria correntes de ar na atmosfera e fornece, mesmo que indiretamente, a maior parte da energia que utilizamos hoje no planeta. E o Sol, de certa forma, é o tema do texto a seguir!

Soluções arquitetônicas e de construção civil estão, a todo momento, sendo reinventadas e aprimoradas. Uma delas, que não é tão nova, mas que vem se popularizando no Brasil, é a utilização de placa de energia solar. Quando incorporada em um projeto arquitetônico, a placa de energia solar é uma importante aliada à sustentabilidade da edificação. Isso porque, quando instalada, diminui consideravelmente o preço final da conta de energia, que pesa mais, a cada ano, no bolso dos brasileiros.

Uma placa de energia solar é composta por módulos fotovoltaicos. Ela converte os raios solares que incidem sobre a superfície em energia elétrica. Mas como isso acontece? É o que a equipe da InstaCasa vai explicar logo em seguida. Fique conosco e não perca o fio!

Placa de energia solar

Entenda o efeito fotovoltaico

Nós falamos, acima, que a placa de energia solar é composta por módulos fotovoltaicos. Esses módulos geram eletricidade por meio do efeito fotovoltaico, que nada mais é do que o aparecimento de uma diferença de potencial (voltagem) em seu interior, causada pela ação das partículas de luz que interagem com os materiais de produção da placa, como é o caso do silício.

De forma geral, funciona da seguinte maneira: quando as partículas da luz solar colidem com os átomos desses materiais, provocam o deslocamento dos elétrons, gerando uma corrente elétrica, também chamada de energia solar fotovoltaica. Essa corrente elétrica é convertida pelo inversor solar e, então, a eletricidade pode ser distribuída.

Além disso, você pode não saber, mas ao longo da sua vida, com certeza, você já utilizou um equipamento fotovoltaico como, por exemplo, essa calculadora e esse powerbank da imagem abaixo! Vê essas barrinhas? Então, elas são carregadas com a energia solar!

Montagem de equipamentos

Onde eu posso utilizar a carga gerada pela placa de energia solar?

A carga gerada pela placa de energia solar pode ser utilizada em diversos utensílios e aparelhos domésticos. Então, se você está se perguntando se vai conseguir assistir às suas programações preferidas na TV, fazer o seu cafézinho e, ainda, lavar a roupa com a carga da placa de energia solar, a resposta é: sim!

É importante ressaltar, entretanto, que é necessário o acompanhamento de um arquiteto e de profissionais qualificados para a instalação das placas, uma vez que cada distribuidora possui uma série de exigências a serem cumpridas à risca para o correto funcionamento do equipamento.

Placa de energia solar

Vale a pena fazer esse investimento?

Até agora, só apresentamos vantagens para a utilização de uma placa de energia solar, não é mesmo? Isso porque, quando pensamos a longo prazo, implementar esse material no projeto da casa dos seus sonhos realmente vale a pena, principalmente pela economia financeira e pelo bem que você está fazendo à natureza.

Falando sobre esses dois benefícios:

  • Economia financeira: a energia solar fotovoltaica que mencionamos anteriormente tem, por definição, diminuir a conta de luz. Quando você instala uma placa de energia solar, você pode produzir uma parte da energia que consome, toda a energia que consome e até mais energia do que consome! Se você produzir energia extra, ela pode ser vendida para a concessionária, convertendo-se em crédito para você;
  • Sustentabilidade: uma placa de energia solar é sustentável porque sua matéria prima é originada da natureza, uma vez que a captação de energia é feita pela incidência solar no equipamento. Além disso, por ser feita de um material extremamente resistente, possui longa vida útil e raramente precisa ser trocada.

Entretanto, uma desvantagem do painel de energia solar é que ele é um investimento caro. Para a nossa “sorte”, alguns bancos disponibilizam disponibilizam algumas linhas de créditos voltadas a projetos sustentáveis. Então, é possível conseguir um financiamento para arcar com o investimento no material que, com o tempo, acaba “se pagando”, graças às economias feitas na conta de luz.

Placa de energia solar

E aí, o que você achou da explicação? Ficou fácil de entender ou ainda tem dúvidas sobre o funcionamento da placa de energia solar? Fique à vontade para comentar, na caixa abaixo, a sua opinião! Ah, e se você curte conteúdos de arquitetura, inovação e decoração, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.