Parede com granilite

Como utilizar granilite em sua casa

Por conferir um design excelente e cheio de personalidade, o granilite é um dos tipos de materiais que possui um forte apelo decorativo. Ele é feito de uma base composta por areia, água e cimento, junto de grânulos de várias pedras naturais. Essa mistura resulta em revestimentos e peças de design que podem ter diversas cores. É muito utilizado em ambientes que exigem alto grau de limpeza, como hospitais, mas pode ir muito bem na decoração da sua casa.

Aqui na InstaCasa, somos apaixonados por revestimentos desse tipo justamente por ser um material que foge do comum e agrega muito na composição do design. Entretanto, por se tratar de um material diferenciado, muitas pessoas têm dúvidas sobre como utilizá-lo, harmonizando-o com o mobiliário interno e externo. Por isso, nossos especialistas prepararam um artigo especial para te ajudar a descobrir  como utilizar granilite em sua casa. Vamos conferir?

Revestimento de granilite
Imagem: Blog Lopes

Onde usar granilite?

O granilite é um material extremamente versátil, principalmente por ser diferenciado, graças à mistura de materiais feita para obtê-lo. Dessa forma, o granilite costuma enriquecer a decoração do ambiente. Como apresenta boa resistência contra umidade é uma escolha segura para banheiros, cozinhas e varandas. Mas também é uma excelente opção para ambientes de permanência, como é o caso de sala de estar, home office e, também, para quartos.

O material pode ser utilizado em bancadas da sua cozinha ou na área de churrasqueira, por exemplo; no piso de um determinado cômodo, tornando-o único e conferindo-lhe um destaque visual impactante e interessante; nos revestimentos de parede, aplicando na alvenaria inteira ou em apenas uma parte; nas escadas; e, também, em objetos variados feitos de granilite, como é o caso de louças (decorativas ou para uso no dia a dia) e vasos de plantas.

É importante ressaltar que, independentemente do local onde for aplicado, o granilite é um material super resistente, que oferece um leque de possibilidades de cores e dificilmente requer manutenção pesada, como é o caso de revestimentos ou objetos de madeira, por exemplo. 

Revestimento de granilite
Imagem: CASACOR

Quais os tipos de granilite disponíveis no mercado?

No mercado, existem basicamente dois tipos de granilite para você utilizar no seu projeto arquitetônico ou na decoração da sua casa. São eles:

  • Granilite polido: o granilite polido recebe uma camada de resina e passa por um processo de polimento, para que seja possível eliminar as irregularidades da sua superfície. A partir da remoção dessas irregularidades, as peças se tornam lisas e brilhantes, perfeitas para agregar sofisticação ao projeto de arquitetura da sua casa. Há de se destacar, também, que a resina aplicada no granilite polido impermeabiliza-o, fazendo com que se torne resistente à umidade;
Revestimento de granilite polido
Imagem: Conexão Decor
  • Granilite fulgê/lavado: já o granilite fulgê, também conhecido como granilite lavado, não recebe nenhuma camada de resina, nem polimento. Ou seja, o acabamento após a aplicação consiste apenas na lavagem da superfície, a fim de remover o excesso de argamassa. O resultado final é um material com relevo, bastante áspero e antiderrapante, uma vez que as pontas dos diversos minerais da sua composição aparecem em sua superfície.
Revestimento de granilite fulgê
Imagem: Pinterest

Quais são os cuidados exigidos pelo material?

Conforme explicamos anteriormente, o granilite é um material extremamente resistente e que pode durar muitos anos, quando bem cuidado. Com uma mão de obra especializada e a execução correta de instalação, você pode passar décadas sem se preocupar com manutenções. Mas quais são os cuidados exigidos pelo material, para manter a durabilidade?

  • Evite exposição a substâncias químicas agressivas: assim como diversos outros revestimentos e materiais, o granilite não deve ser exposto a substâncias químicas agressivas, uma vez que podem danificar a superfície do material a longo prazo, modificando sua aparência; 
  • Limpe corretamente, de acordo com o tipo de granilite escolhido: outra forma de cuidar bem do seu granilite é limpá-lo corretamente. Se você optar por granilite polido, o pano úmido é suficiente para limpá-lo. Caso tenha optado por um granilite fulgê, você pode remover a sujeira com um aspirador de pó e, posteriormente, lavá-lo com bastante água e sabão neutro. Você pode, também, esfregar a superfície com uma escova de cerdas macias e finalizar a limpeza com uma quantidade abundante de água;
  • Fique de olho na aparência do material: é importante, não apenas com o granilite, ficar de olho na aparência do revestimento. O modelo polido deve receber camadas de resina de tempos em tempos, para garantir que o mesmo fique brilhante por bastante tempo. O granilite fulgê, por sua vez, deve receber manutenção sempre que apresentar alguma fissura. 
Revestimento de granilite
Imagem: CASACOR

E então, o que você achou das nossas dicas? Conte-nos na caixa de comentários abaixo! Adoraríamos receber o seu feedback. Ah, e se você gosta de conteúdos sobre arquitetura, decoração e inovação, não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim, você ficará por dentro de tudo que acontece aqui, no Blog InstaCasa.

*Capa: Grün Studio

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.