Fogão ou cooktop

Fogão ou cooktop: qual é a melhor opção para a cozinha?

O processo de escolher os equipamentos, móveis e eletrodomésticos da nossa nova casa é uma das melhores tarefas existentes. Depois de muito planejarmos em nossos pensamentos, colocar, efetivamente, os projetos em prática, para deixar tudo com a nossa cara, ao nosso gosto, é uma tarefa extremamente prazerosa e que faz parte da realização do sonho da casa própria. Até porque, para que uma edificação se torne um lar, esse preenchimento dos ambientes é essencial, já que nossa identidade estará imprimida em cada escolha e em cada detalhe.

Quando pensamos nesse processo dentro de uma cozinha, então, os nossos planos ganham até cheiro! Quem não imagina o preparo de um almoço de domingo, com familiares e amigos por perto? Ou, ainda, aquele lanchinho da madrugada, quando o sono não vem? Tudo isso só é passível de realização a partir do planejamento de uma cozinha ideal, que é o coração da nossa casa dos sonhos. Pensando nisso, a equipe da InstaCasa preparou um artigo que discute uma dúvida muito comum em quem está mobiliando e equipando a cozinha: fogão ou cooktop?

Descubra a seguir qual é a melhor opção para a sua cozinha. Bora lá? 😊

Montagem 1: Fogão ou cooktop?

Entenda as necessidades da sua cozinha

Antes de nos aprofundarmos nessa discussão, para decidir entre fogão e cooktop, é necessário entender as necessidades da sua cozinha. Precisamos ter em mente, em primeiro lugar, que a escolha do eletrodoméstico ideal envolve o tamanho e o estilo do ambiente; a fonte de alimentação, isso é, se ele usará gás ou eletricidade, que é o caso dos modelos que funcionam por indução; e o quanto os moradores cozinham.

Assim, para decidir o eletrodoméstico que melhor se encaixa no projeto da sua casa ideal, você precisa considerar, por exemplo:

  • Meus balcões e armários são planejados para a minha cozinha ou foram comprados prontos?
  • Eu planejo ou gosto de utilizar o forno com frequência?
  • Minha cozinha possui bastante espaço?
  • Qual o meu orçamento para este eletrodoméstico?

Depois de responder a essas perguntas, vamos descobrir as vantagens e desvantagens de ter um fogão ou um cooktop.

Montagem 2: cooktop ou fogão?

Quais as vantagens e desvantagens de escolher um fogão?

O fogão é a opção queridinha de muitas famílias brasileiras, pois é mais barato e, costumeiramente, não precisa ser encaixado em uma bancada – a menos que você opte por um fogão de embutir, o que será explicado neste tópico.

Independente do modelo escolhido, a principal vantagem de optar por um fogão é que você terá, verdadeiramente, um eletrodoméstico “dois em um”: os queimadores e, claro, o forno. Com opções de quatro, cinco e até seis bocas, o fogão necessita apenas de um espaço específico na sua cozinha, de acordo com o tamanho do eletro, com saída de gás e tomada.

Nas mais variadas marcas e acabamentos, você encontrará, no mercado, os modelos de piso e de embutir. As principais vantagens deles são:

  • De piso: o fogão de piso é o mais comum do mercado, presente na grande parte das cozinhas do País. Isso se deve ao fato de que o valor de um fogão de piso, com pezinhos, é mais em conta do que de outros modelos e, também, à sua fácil instalação, pois basta conectar a fonte de gás ao eletrodoméstico, ligá-lo na tomada e começar a usar;
Exemplo de fogão de piso.
Imagem: Electrolux
  • De embutir: o fogão de embutir parece, na parte dos queimadores, um cooktop, com a diferença que, logo abaixo, também acoplado ao armário, existe um forno. É uma peça que traz um charme para a cozinha, uma vez que a maioria dos modelos são de inox e ocupam pouco espaço, sendo necessário apenas um móvel planejado para utilizá-lo. Eles também facilitam a limpeza, pois não é preciso ficar arrastando o equipamento de um lado para o outro, como é o caso do fogão de piso. São modelos com um custo maior que o fogão de piso, mas que apresentam uma série de recursos extras, como, por exemplo, timer digital e alerta sonoro.
Exemplo de fogão de embutir.
Imagem: Brastemp

Independente do modelo, consideramos que a maior desvantagem do fogão, além do grande espaço ocupado, é a posição do forno, que sempre fica mais próximo ao piso, o que pode ser uma preocupação com a segurança. Por conta desse ângulo mais baixo, também é necessário abaixar para verificar o andamento dos pratos no forno e é preciso ter cuidado, por exemplo, na hora de retirar pratos quentes do equipamento.

E o cooktop?

Se você é o tipo de pessoa que não tem o costume de preparar refeições muito elaboradas em casa, ou tem uma cozinha super compacta, sem grandes possibilidades no espaço, e utilizando móveis planejados, o cooktop é o eletrodoméstico ideal para o seu dia a dia.

Com opções de quatro e cinco bocas, ele pode ser instalado em uma bancada convencional ou tipo ilha, deixando o seu ambiente funcional e moderno. No entanto, como o cooktop conta apenas com os queimadores, se você também deseja um forno, é preciso comprá-lo separadamente, o que irá gerar um custo extra. Por isso, mais uma vez, pense sobre o uso da sua cozinha!

Hoje, no mercado, você encontrará cooktops nos seguintes modelos:

  • A gás: pode ser instalado em uma bancada, mas para isso, é preciso atentar-se às medidas do móvel e se existe uma ligação de gás próxima ao local de instalação. As principais vantagens do cooktop a gás é que, caso falte energia na sua casa, você poderá utilizá-los normalmente;
A gás.
Imagem: Electrolux
  • Elétrico: mais moderno (e caro) que o modelo anterior, o cooktop elétrico é uma ótima opção para quem procura agilidade na hora de aquecer os alimentos. Esse modelo precisa apenas de energia elétrica para funcionar. Entretanto, para cozinhar em um cooktop deste tipo, você precisará de panelas mais resistentes, como as de aço e/ou ferro, o que também poderá gerar um custo extra;
Exemplo de cooktop elétrico.
Imagem: Tramontina
  • Por indução: o cooktop por indução, apesar de ser muito mais caro do que os demais modelos, é aquilo que existe de mais moderno para equipar uma cozinha. É extremamente seguro, pois o seu sistema usa a indução gerada por um campo elétrico para gerar calor, que é transferido diretamente para o fundo de panelas. Apenas recipientes magnéticos funcionam para este sistema, ou seja, se um imã grudar no fundo da panela, significa que ela receberá o calor. Existe, aqui, um gasto extra com o eletrodoméstico e com as panelas, mas, acredite: vale cada centavo!
Por indução.
Imagem: Fischer

E isso é tudo, pessoal! Caso você tenha alguma experiência com a utilização de qualquer um desses equipamentos, conta pra gente na caixa de comentários. Além disso, não se esqueça de se inscrever em nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades do nosso blog.

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.