Jardim de inverno para a sua casa.

Jardim de inverno: elegância e funcionalidade para sua casa

O jardim de inverno, muito comum em países frios do exterior, está conquistando, cada vez mais, o coração dos brasileiros. Sua criação é, inclusive, uma das melhores opções para o aproveitamento de espaços vazios em casa. Essa opção de jardinagem dá um toque de elegância e aconchego para os ambientes, mesmo em nosso clima tropical.

Além disso, o jardim de inverno, assim como os outros tipos mais conhecidos de jardins, ajuda a trazer mais umidade, frescor e aromas agradáveis para a sua casa, além de ajudar a renovar o ar ao redor. Por isso, esse tipo de instalação costuma aliar elegância e funcionalidade aos ambientes residenciais. Bacana, não é mesmo?

Por isso, a equipe da InstaCasa reuniu, no artigo dessa semana, todas as informações que você precisa ter para decidir se um jardim de inverno dá match com a sua casa dos seus sonhos. Entre elas, estão: o que é, para que serve e como fazer, além de inspirações incríveis para você e sua família. Vamos lá?

Exemplo de jardim de inverno.

O que é um jardim de inverno?

O jardim de inverno é uma alternativa perfeita de ocupação de espaços monótonos de uma residência. Ele funciona como uma estufa, usada com motivos recreacionais durante o inverno (por isso recebe esse nome).

No Brasil, como geralmente não enfrentamos temperaturas geladas e rigorosas, o jardim de inverno pode ser usado como área de iluminação e ventilação, tornado o ambiente mais atrativo. Essa instalação permite, também, uma maior integração da área interna de uma casa com a natureza.

Este é um tipo de jardim perfeito para quem não tem quintal! #FicaADica 😉

Exemplo de jardim de inverno.

Para que serve um jardim de inverno?

Como explicamos na introdução do artigo, esse tipo de jardim é muito comum em países frios. Isso acontece porque, no exterior, como as temperaturas costumam ficar abaixo de 0ºC durante o inverno, as pessoas costumam utilizar esse ambiente para respirar o ar puro sem se preocupar com o frio que faz na parte externa da casa. Como as plantas têm essa função de renovação do ar, é possível unir o útil ao agradável com o jardim de inverno.

Além disso, ter plantas e flores dentro de casa é relaxante, aconchegante e não dá tanto trabalho, fazendo um bem danado para a nossa saúde mental. Você pode optar, ainda, por um jardim vertical ou por cultivar pequenas árvores nesse tipo de jardim. Isso deixará sua casa com uma umidade mais agradável. Em grandes centros urbanos, essa característica pode ser muito atrativa para quem deseja buscar um estilo de vida mais saudável.

Exemplo de jardim de inverno.

Como fazer?

A priori, como o jardim de inverno se integra aos ambientes residenciais, ele cria a sensação de uma extensão da sua casa. Por isso, ele pode ser feito de formas variadas e criativas. Dessa forma, você pode criar um jardim de inverno conceitual, que sirva também como espaço de descanso e reflexão.

Contratando os serviços de um profissional habilitado que sabe tudo sobre paisagismo, você chegará ao resultado ideal, que deverá incluir: plantas próprias para um ambiente que recebe menos iluminação direta e ventilação, projeto de iluminação, mobiliário e um acabamento que combine com o cômodo no qual o jardim de inverno está instalado.

Este jardim interno pode estar em qualquer ambiente da sua casa. O mais comum é deixá-lo próximo à sala. Isso acontece porque o jardim de inverno pode ser mais admirado pelas visitas em ambientes sociais. Se você tiver uma escada no hall, pode fazer um jardim de inverno logo abaixo ou ao lado dela, também.

Algumas características comuns aos jardins de inverno são:

  • Ausência de teto ou teto de vidro (claraboia). Esses fatores contribuem para que as plantas recebam iluminação e cresçam de forma saudável;
  • Utilização de portas e/ou divisórias de vidro. Isso aumenta a iluminação do ambiente ao qual o jardim de inverno foi integrado e facilita a visualização (e admiração!) do espaço;
  • Instalação de iluminação de LED para modernizar o ambiente e facilitar sua visualização durante a noite;
  • Utilização de móveis no jardim de inverno, uma vez que o mesmo pode ser um ambiente de leitura, recepção de amigos ou, ainda, um refúgio agradável para aquela sensação de ar abafado, comum nos grandes centros urbanos.

Como você pôde perceber no decorrer deste artigo, juntamente com as fotos que o ilustraram e trouxeram ideias incríveis para você usar e abusar, o jardim de inverno é uma ótima opção para quem deseja integrar natureza e arquitetura.

Exemplo de jardim de inverno.

Se você achou esse post interessante, assine nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão!

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

6 Comentários

  1. Que incrível!!

    1. Obrigada pelo feedback positivo, Juliana. Fique de olho em nosso blog, sempre postamos textos super informativos por aqui. Não perca!;)

  2. Nossa, adorei demais! Vou adotar as dicas na minha nova casa.

    1. Obrigada pelo feedback positivo, Sarja. Não deixe de nos acompanhar! 🙂

  3. Que incrível! Nunca havia pensado em um jardim de inverno, mas agora eu quero haha!!

    1. Ficamos felizes que você tenha gostado, Meyene. Não deixe de acompanhar as dicas do nosso blog! 🙂

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.