Guia completo sobre lareiras

Guia completo sobre lareiras: conheça os principais tipos e características

Por morarmos em um País de clima tropical, durante boa parte do ano, não sofremos com as baixas temperaturas. Entretanto, com a chegada do inverno, em diversas regiões brasileiras, os termômetros começam a registrar baixas consideráveis. Isso faz com que muitas pessoas passem a avaliar a necessidade de adquirir aquecedores ou, ainda, aprender formas de manter a casa aquecida em dias mais frios.

Uma solução arquitetônica e decorativa que torna-se muito útil durante o inverno e, ainda, leva um charme especial para dentro de casa durante todas as outras estações do ano, é a implementação de lareiras em uma ou mais áreas comuns da residência.

Neste artigo, a equipe da InstaCasa preparou um guia completo sobre lareiras, para que você conheça os principais tipos e características existentes, atualmente, no mercado, e escolha a melhor opção para a sua casa!

Tipos de lareiras e suas características

Se você acredita que, para ter uma lareira dentro de casa, uma obra enorme faz-se necessária, vamos te fazer mudar de ideia! Apesar de, antigamente, lareiras serem consideradas itens de luxo em uma residência, principalmente porque precisavam ser planejadas já no projeto de arquitetura da casa, no mercado, atualmente, você encontra diversas opções mais acessíveis, modernas e, até mesmo, portáteis.

Ah, é muito importante que você se lembre que todas as lareiras abaixo que queimam precisam de ventilação no ambiente, com exceção da elétrica. Isso acontece porque, mesmo sem gerar fuligem, as lareiras queimam oxigênio e podem contaminar o ar com excesso de CO².

Os principais tipos de lareiras para a sua casa são:

  • Lareiras à lenha: as lareiras à lenha são as mais tradicionais e conhecidas, costumeiramente vistas em construções mais antigas, principalmente na região sul do País. Esse tipo de lareira requer mão de obra especializada para sua execução, exigindo, muitas vezes, um projeto feito por um profissional de arquitetura e/ou interiores. Para que ela funcione, é necessária a construção e posterior utilização de chaminé, que também pode ser um duto de exaustão, devido à queima da lenha e à iminente necessidade de eliminação da fumaça. As lareiras à lenha geralmente são feitas em alvenaria, pedra, concreto ou metal, e têm aquele cheirinho gostoso de lareira queimando;
  • Lareiras a gás: ao contrário do modelo anterior, as lareiras a gás não precisam de lenha para funcionar e, por isso, não precisam de chaminé. Podem ser ligadas diretamente a um botijão ou sistema de gás encanado da casa. São super versáteis e ficam muito bem até mesmo quando usadas como mobiliário externo ou em um projeto de paisagismo, pois podem ser encontradas em modelo linear (com pedras vulcânicas sobre os queimadores) ou no modelo com lenhas de cerâmica refratária, que são delicados troncos de lenha para serem usados em cima da chama; 
  • Lareiras ecológicas: as lareiras ecológicas também dispensam a utilização de lenha, tendo o funcionamento ativado com o uso de álcool. São lareiras de fácil instalação: é só encaixar o queimador de inox em uma base de alvenaria revestida e pronto. O acendimento das lareiras ecológicas é rápido e prático, além de não gerar nenhuma sujeira. No mercado, atualmente, você encontra diversos modelos desse tipo que são portáteis e podem ser levados para qualquer lugar;
  • Lareiras elétricas: por fim, as lareiras elétricas são uma ótima opção para quem quer aproveitar toda a elegância de uma lareira durante todo o ano. É um tipo de lareira que se assemelha a um aquecedor quanto a sua potência, com um diferencial (estético) muito interessante: ela reproduz, com auxílio da tecnologia 3D, a imagem das chamas, apenas com a ativação de um botão de controle remoto.

Como escolher a lareira de forma correta?

Você viu, no item anterior, alguns dos principais tipos de lareiras encontradas no mercado. Mas, entre eles, como fazer a escolha certa? Como escolher a lareira de forma correta? Pensando nisso, separamos algumas dicas sobre o que você deve levar em consideração antes de comprar (ou contratar um profissional para projetar) a sua lareira ideal:

  • O local onde você vai colocar a lareira: ao pensar em comprar uma lareira, é extremamente importante pensar no local onde você vai colocá-la. Os profissionais da InstaCasa reafirmam isso porque se você optar por um modelo à lenha, por exemplo, precisará partir para a obra, uma vez que, como vimos anteriormente, esse tipo de lareira precisa de uma chaminé ou um duto exaustor, e outros cuidados gerais, uma vez que as fagulhas da lenha podem entrar em contato com o piso, o tapete, etc. Além disso, é muito importante prestar atenção no que vai em cima da lareira. Por exemplo: se você comprar um modelo ecológico e colocá-lo abaixo do painel de TV, é possível que, com o tempo, o calor acabe estragando o seu aparelho televisor ou a madeira do painel. É importante considerar, ainda, o tamanho do espaço onde a lareira será instalada, já que os modelos têm eficiência distintas na geração de calor; 
Local de instalação da lareira
  • Custo de aquisição, instalação e manutenção: como citamos anteriormente, a lareira à lenha sempre será o modelo mais caro por conta da adequação do ambiente à ela. A manutenção deverá ser feita com frequência, também, já que a fuligem pode acumular e causar problemas futuros na casa. As lareiras a gás possuem um custo considerável (você pode encontrar modelos na faixa de R$2.000,00 a R$4.000,00), mas não demandam tanta manutenção, uma vez que não fazem sujeira. Entretanto, para seu pleno funcionamento, é necessário que um sistema de gás esteja conectado e, por isso, precisam estar previstas em obra. As lareiras ecológicas são encontradas no mercado a partir de R$1.000,00 e são modelos portáteis muito interessantes para quem gosta de receber amigos em diferentes ambientes da casa. Esse modelo não requer qualquer tipo de manutenção (além do abastecimento do álcool) ou instalação especial, não precisa de uma chaminé e possui alto poder de calor, o que faz com que seja normalmente mais econômico do que os demais. Por fim, as lareiras elétricas custam uma média de R$2.500,00 (a depender do modelo), mas não exigem manutenção alguma, uma vez que não têm fogo de verdade e seu aquecimento se dá pelo aparelho, assim como um aquecedor comum. Podem ser embutidas em uma parede, o que exigirá um custo adicional de instalação, mas são perfeitas para quem quer levar beleza a um determinado ambiente.
Custo de aquisição, manutenção, etc da lareira

Se você curtiu esse conteúdo, assine a nossa newsletter e receba, semanalmente, artigos exclusivos do Blog InstaCasa!

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.