Louças e metais para a sua casa.

Louças e metais: o que você precisa saber na hora de escolher

Quem já visitou algum home center deve ter percebido o destaque que essas lojas dão à sessão de louças e metais. Assim como os revestimentos de piso e parede, as louças e metais são materiais que dão um destaque especial ao projeto sua casa, uma vez que, após a conclusão das etapas da construção, são os acabamentos que fazem o projeto tomar forma frente aos nossos olhos. Por isso, é muito importante escolhê-los com cuidado, para que sejam bonitos e funcionais.

Estes materiais são utilizados nas áreas úmidas da casa, como cozinha, banheiro e lavanderia. Quando falamos sobre louças para a sua casa, estamos falando, basicamente, sobre cubas, tanques e vasos sanitários. Já quando falamos em metais, estamos discutindo torneiras, misturadores, chuveiros, duchas higiênicas e demais acessórios do banheiro como, por exemplo, toalheiros, papeleiras e as barras de apoio, que garantem segurança e acessibilidade para idosos em uma residência.

Por isso, no artigo dessa semana, a equipe da InstaCasa trouxe algumas dicas para te ajudar a não errar na escolha de louças e metais para a sua casa. Confira!

Como acertar na escolha das louças?

Como falamos anteriormente, além de importantes para a decoração do ambiente, as louças precisam ser funcionais. Essas peças, geralmente, são encontradas no mercado em cerâmica, fabricadas por em empresas especializadas, como a Deca, mas existem algumas peças, como as cubas, que podem ser encontradas feitas em resina, vidro, pedra, madeira e outros materiais. Isso contribui para que a sua casa siga o seu padrão de acabamentos, o que garante uma harmonia ímpar na decoração. Sobre louças, podemos destacar:

Vaso sanitário

Atualmente, no mercado, o tipo mais comum de vaso sanitário é aquele que contém uma caixa acoplada. Isso acontece porque esse tipo de louça, quando segue esse padrão, permite uma instalação hidráulica mais simples na casa, e também costuma ter um sistema mais moderno e econômico de descarga.

Quando pensamos em vasos sem a caixa acoplada, comum em construções mais antigas, essa situação é invertida. É necessário preocupar-se, por exemplo, com a medida da tubulação de água fria do banheiro para identificar se há um fluxo de água suficiente para seu correto funcionamento.

Vale a pena ressaltar, ainda, que já é possível adquirir hoje um kit de vaso sanitário. Isso minimiza erros de compatibilidade entre as peças e garante uma economia no conjunto. No mercado, você encontra esses kits que, geralmente, contém a bacia sanitária + caixa acoplada + assento sanitário + materiais de fixação e vedação.

Imagem de vasos sanitários.

Cuba

As cubas, podem ser encontradas em modelos de embutir, de sobrepor, de semiencaixe, de apoio e, também, como lavatório com coluna. Essas louças devem ser compradas de acordo com a necessidade do seu ambiente, e são peças fundamentais para dar aquele toque especial na sua decoração. Confira, abaixo, algumas características das cubas, que são vendidas em diversos formatos e acabamentos:

  • Cuba de embutir: uma ótima solução econômica e eficiente. É fixada por baixo da bancada, o que facilita a limpeza do local;
Imagem de cuba de embutir.
  • Cuba de sobrepor: exige uma bancada que funcione como uma mesa, uma vez que fica com uma parte sobressalente, o que gera um volume agradável na decoração;
Cuba de sobrepor.
  • Cuba de semiencaixe: para a sua instalação, é necessário um recorte na bancada. Ela é geralmente utilizada em bancadas menores, e ficam com uma espécie de “dente” para fora;
Cuba de semiencaixe.
  • Cuba de apoio: é muito elegante e garante um visual único para a sua bancada. Essas cubas aparentam uma independência da bancada, como se tivessem sido deixadas ali em cima, ocasionalmente;
Cuba de apoio.
  • Lavatório com coluna: muito comum em casas mais antigas, apesar de não ser tão funcional, uma vez que tem um espaço mais limitado para a disposição do sabonete e demais materiais de higiene pessoal.
Lavatório com coluna.

As bancadas possuem, em média, uma altura de 90cm em relação ao piso. Um erro muito comum é não considerar a espessura da cuba na hora de construir a bancada. Acontece que, com a escolha de uma cuba de sobrepor ou apoio, essa bancada deve ser mais baixa, uma vez que a altura final da sua borda superior da cuba é que deve estar por volta de 90 centímetros. Também é preciso escolher uma torneira correta para haver um espaço confortável entre a ela, a cuba e as mãos do usuário. Explicaremos mais logo abaixo!

Como não errar na escolha dos metais?

Apesar de existirem em outros materiais, como plástico, chamamos de metais os equipamentos como torneiras, chuveiros, duchas e outros que compõem o acabamento hidráulico de uma casa.

Imagens de metais que compõem o acabamento hidráulico de uma casa.

As diversidades de materiais para os metais são poucas, sendo o principal o aço inox. O inox tem essa preferência por ser um material de fácil limpeza, grande durabilidade e que possui, ainda, fácil combinação com os outros elementos de decoração. Os principais metais de uma casa são:

Torneiras e misturadores

A torneira ideal para uma casa é aquela que atende a necessidade dos seus moradores, unindo um design agradável com uma boa funcionalidade. Em um banheiro, por exemplo, ela pode ter alturas variadas para se adequar às cubas. Pode ser instalada tanto na bancada quanto na parede e pode, ainda, possuir entrada para água quente através de um misturador.

Neste caso, quando falamos sobre torneiras, estamos englobando as comuns, os misturadores e, ainda, as de monocomando.

Imagens de torneiras: misturador, monocomando e comum.
Da esquerda para a direita: misturador, monocomando e comum

As comuns são aquelas que possuem fluxo de água fria e só. Os misturadores são as peças preparadas para receber água quente e fria. Eles podem ter o acionamento em dois elementos separados, um para a água quente e outro para a fria, ou então serem do tipo monocomando, que é aquele em que uma única peça, dependendo do lado para onde girar, aciona a água quente ou fria.

Ainda sobre as torneiras, hoje em dia, é cada vez mais comum que a casa possua um aquecimento de água central a gás ou solar. Pra quem não pretende instalar esse tipo de infraestrutura mas ainda deseja uma água quentinha em todas as torneiras de casa, existe a opção de instalar, junto à cada uma de suas torneiras, um aquecedor elétrico de passagem.

As torneiras podem ser, ainda, de parede, de bancada ou, também, de piso, diferindo pelo local onde são fixadas. As torneiras instaladas na parede liberam espaço sobre a pia, facilitando a limpeza. As de bancada podem ser instaladas tanto nas bancadas quanto diretamente nas cubas, quando o modelo prevê um espaço específico para isso.

Imagens de torneiras de piso, de parede e de bancada.
Da esquerda para a direita: torneira de piso, de parede e de bancada.

As instaladas nas bancadas podem ser de bica alta ou de bica baixa. Torneiras de bica alta são mais compridas, adequando-se para o uso com cubas de apoio, mas podendo ainda ser usada com outros tipos de cubas. Torneiras de bica baixa, como o próprio nome já diz, possuem um “corpo” menor.

É importante, ainda, lembrar que a escolha entre as torneiras de parede ou de bancada deverá ser feita antes da execução dos pontos de hidráulica, já que as alturas são diferentes nas duas situações.

Na cozinha, as torneiras costumam ser de fundamental importância, uma vez que podem facilitar muito na higiene exigida pelo local. Os modelos tipo ‘gourmet’ fazem muito sucesso pela beleza e facilidade de uso. Existem modelos com água quente e também filtro integrado. Geralmente, neste ambiente, as pessoas querem uma flexibilidade da torneira para que seja possível puxá-la de um lado para o outro. Aqui, atenção: existem modelos com um tipo de “ducha” removível que não é recomendado. Isso acontece porque, muitas vezes, ao puxar o cabo responsável pela ducha, a água que espirra pode voltar pela parte de fora da mangueira e parar dentro do seu móvel.

Imagens de torneiras.
Da esquerda para a direita: a torneira Gourmet, que é indicada, e a torneira tipo “ducha”, que pode danificar o móvel

Existem, também, as torneiras de piso que, como o nome diz, são instaladas a partir do chão. Elas foram criadas para situações em que não existam paredes ou bancadas para a fixação da peça, e por serem diferenciadas são também mais caras. São pouco comuns, mas também podem ser encontradas no mercado.

Chuveiros

Entrar em um chuveiro com a água na temperatura perfeita e com boa vazão costuma “aquecer o coração” de muita gente, principalmente depois de um dia cansativo de trabalho. Por isso, investir num bom equipamento pode trazer muito conforto e bem estar para os usuários do banheiro.

Embora muitas pessoas acreditem que chuveiro é tudo igual, a realidade é bem diferente. Assim como para as torneiras, existem modelos de design variados e com múltiplas funções – que podem ser mais ou menos interessantes, dependendo da sua rotina, casa e necessidades.

Existem chuveiros elétricos comuns, eletrônicos, pressurizados, híbridos, com misturadores, de parede, de teto e, também, as populares duchas.

É importante prever uma instalação hidráulica correta para garantir uma pressão adequada para o seu banho, porém, existem modelos de duchas que funcionam em baixa pressão e com pouca vazão de água e podem ser uma boa solução para quem quer um banho agradável e com economia.

Entre os tipos de chuveiro mais confortáveis temos os que funcionam com aquecimento de água central, mas é preciso que a residência possua o sistema instalado, caso contrário será preciso investir um valor adicional que pode impactar no custo final da obra.

Os modelos elétricos também podem funcionar muito bem, principalmente os eletrônicos, com controle mais refinado de temperatura. Não esqueça de prever um ponto de 220V específico para cada peça com um circuito separado do restante da casa. Isso evita aquelas oscilações de energia quando você vai tomar seu banho. Esses chuveiros podem ser regulados por meio de um controle na própria peça e podem ter funções especiais integradas como cromoterapia.

Acessórios

Os pequenos detalhes fazem toda a diferença na harmonia de um ambiente bem decorado. Os acessórios são essenciais tanto para trazer funcionalidade, quanto para dar um toque especial na decoração. Lembre-se que o tipo de metal e modelo escolhido ajudará na composição do seu projeto.

Na lista de acessórios entram toalheiros, papeleiras, acabamentos de registros, ganchos, barras de apoio, saboneteiras, porta xampu, porta sabão, entre outros.

Muitas vezes os acessórios podem ser comprados na mesma linha das torneiras, utilizando uma única linguagem para todo o banheiro.

Acessórios de banheiro.

Se achou esse artigo relevante, assine nossa newsletter e fique por dentro dos nossos conteúdos semanais.

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.