InstaCasa e Minha Casa Minha Vida

#PapoDeEspecialista: Soluções InstaCasa integradas ao Minha Casa Minha Vida

A InstaCasa e o programa de financiamento habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV), da Caixa Econômica Federal, têm um objetivo em comum: viabilizar ao trabalhador o sonho da casa própria. Essa jornada até à casa possui desafios em diversas etapas, nas quais buscamos soluções para transformar esse sonho em realidade.

O Governo Federal oferece condições atrativas para o financiamento de moradias nas áreas urbanas para famílias com renda familiar bruta de até R$ 7.000,00 por mês.

Nós sempre tivemos como iniciativa democratizar o acesso a projetos de arquitetura, isto é, permitir que pessoas de diversas classes econômicas tivessem a oportunidade de realizar o sonho da casa própria com projetos de qualidade.

As duas iniciativas combinam, não é mesmo?

Hoje vamos apresentar um panorama sobre como a InstaCasa oferece soluções na entrevista com Fernando Viana, Diretor-Financeiro da loteadora parceria Viapark Urbanismo, que construiu um case consolidado em Itararé-SP viabilizando esse sonho para inúmeras pessoas da região.

Esperamos que esse artigo ajude você a entender melhor as oportunidades e desafios dessa modalidade no mercado de loteamentos, a partir da integração da InstaCasa ao Minha Casa Minha Vida.

Facilidade no financiamento Caixa da modalidade Terreno + Construção

A InstaCasaestá presente em todos os empreendimentos parceiros, para todas as faixas econômicas da sociedade, enquanto o programa Minha Casa Minha Vida contempla quatro faixas de rendas. São:

  • Famílias com renda de até R$ 1.800,00 (Faixa 1): a Caixa oferece várias vantagens para a sua família. Conte com um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Assim, fica muito mais fácil realizar o sonho da casa própria;
  • Famílias com renda de até R$ 2.600,00 (Faixa 1,5): você pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais;
  • Renda de até R$ 4.000,00 (Faixa 2): se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você se encaixa nesta faixa do Programa Minha Casa Minha Vida e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00;
  • Renda de até R$ 7.000,00: para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, o Programa Minha Casa Minha Vida oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado para você conquistar uma casa própria.

Contando com os nossos serviços, o cliente final de qualquer uma dessas faixas terá em mãos a oportunidade de obter o financiamento na modalidade Terreno + Construção. Ele tem essa possibilidade pois ao realizar a compra de um lote ele pode escolher um dos nossos projetos arquitetônicos pensados para o seu empreendimento. Dentre os projetos estão opções de casas compactadas que atendem ao valor de construção total aprovado em sua avaliação de risco junto a Caixa Econômica Federal.

Mas como convencer esse público de que vale a pena investir em um lote para a realização do sonho da casa própria? Para que você visualize como essa realidade de negócio permite as melhorias de um bairro e, consequentemente, mais lucros, conversamos com o Diretor-Financeiro da Viapark Urbanismo, Fernando Viana. A loteadora conta com nossos serviços em três diferentes empreendimentos, todos no município de Itararé/SP. Na entrevista, ele fala, ainda, sobre os benefícios e argumentos de venda que esse “casadinho” entre a InstaCasa e o programa Minha Casa Minha Vida possibilitou para o seu produto.

Como integrar o serviço da InstaCasa com a iniciativa MCMV?

De acordo com o diretor, que implementou a parceria do Minha Casa Minha Vida com os serviços da InstaCasa nos empreendimentos Alto dos Pinheiros e Pôr do Sol, o foco da iniciativa foi “tirar o pessoal do aluguel para que eles investissem na moradia própria”, principalmente com foco no novo perfil de cliente: mais jovem e com prioridades diversas.

“Temos clientes com todo tipo de renda. Optamos por aproveitar a facilidade do Minha Casa Minha Vida para ajudá-los a adquirir um lote. Isso aconteceu porque hoje, temos um público no qual poucas pessoas pensam em desembolsar um valor tão alto quanto o de um lote, principalmente no começo da vida, para construir a sua casa. Então, o nosso pensamento foi de atender essa demanda, dando facilidade para esse público”, diz Viana.

Como garantir que o financiamento esteja dentro dos padrões da Caixa e caiba no orçamento do cliente?

De acordo com o diretor financeiro, o sucesso dos empreendimentos é, realmente, uma fórmula. “É necessário respeitar o limite do programa federal. Em Itararé/SP, por exemplo, esse valor é de R$ 145 mil, sendo considerado o lote e a construção. Partimos de uma simulação na qual encontramos o lote ideal para o cliente e, a partir disso, já prevemos quanto a construção dele deverá custar. Isso acontece porque a Caixa impõe a regra de que a construção não seja inferior ao valor do lote. Então, por exemplo, um lote em torno de R$ 60 mil exigirá uma construção de R$ 60 mil para cima. Isso já dá o valor de R$ 120 mil”, cita.

E continua. “Hoje, a Caixa aprova o metro quadrado de R$ 1.250 para a região. Então, eu divido os R$ 60 mil por esse valor e chego na metragem que a casa da pessoa deverá ter. A partir disso, o cliente faz a simulação e, em seguida, já passamos para a avaliação diante do banco”, explica o profissional.

Fernando ainda complementa a linha de raciocínio explicando que esse atendimento padronizado também é um argumento de venda. “Além desse relacionamento inicial com o cliente, para que ele saiba o que poderá construir, fazemos também toda a junção de documentos necessários e encaminhamos diretamente para o correspondente bancário da Caixa Econômica Federal. Isso faz toda a diferença porque não tira essa pessoa de sua comodidade e acelera o processo”, informa.

Qual é a real eficácia da replicação desse modelo de negócio?

Quando questionado sobre a vontade de replicar esse modelo de negócio na parceria com a InstaCasa, Fernando foi enfático ao dizer que, comercialmente, foi motivado pelo sucesso de vendas. “Foi uma experiência interessante porque vendemos muito rápido, se compararmos ao outro tipo de negócio feito, por exemplo, para casas de alto padrão. Experimentamos, primeiro, no Alto dos Pinheiros, com excelentes números de vendas. Nós gostamos tanto desse modelo que replicamos no Pôr do Sol, e temos ideias para que grande parte dos novos lançamentos sejam nichados para este público, na parceria com a InstaCasa e o programa Minha Casa Minha Vida”, diz.

Quando analisamos esse mercado, percebemos que, com a ajuda do Governo Federal, muitas pessoas puderam realizar o sonho de ter seu próprio cantinho. “É um programa muito generoso: juros menores, taxas menores, fluxo de pagamento pós-obra. O Minha Casa Minha Vida deu essa possibilidade para um público econômico e trabalhador que, hoje, é a grande maioria do Brasil. Então, para nós, é um mercado ideal”, cita.

Como personalizar o serviço para que ele atraia cada vez mais clientes?

No extenso território nacional, até o mês de julho de 2019, cerca de 5,7 milhões de unidades haviam recebido o contrato para a construção, de acordo com reportagem publicada pelo portal Uol. Sabemos que, no geral, apenas 14,60% dos brasileiros economicamente ativos que fizeram uma construção efetivamente contrataram os serviços de projeto de um arquiteto ou engenheiro (Análise de dados encomendada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo). Então, como atrair um público econômico para o mercado imobiliário em seu “mundo perfeito”, ou seja, com projetos e obras de qualidade?

“O programa federal é, quase sempre, básico. Vemos, em grande parte do tempo, a infraestrutura mínima aplicada no conjunto habitacional. Então, nós trouxemos um modelo que, antes, era feito para classes sociais mais privilegiadas, para o padrão econômico. Isso tem dado muito certo, porque a pessoa recebe a oportunidade de escolher morar em um lugar melhor”, explica o empresário.

E continua. “Nós criamos, em nossos empreendimentos, quadra de esportes, área verde, pista de corrida, oferecemos segurança para os moradores… Isso pode deixar o serviço de construção mais caro, mas atrai público, também. Quando atendemos os clientes, percebemos que essa ideia sempre esteve distante em suas mentes. No momento em que mostrávamos que era possível, a animação era visível. Isso também colaborou para essa fórmula de sucesso, tanto para Itararé, quanto para as cidades vizinhas”, conta Viana.

Como a InstaCasa colabora para o sucesso das vendas?

A InstaCasa usa a tecnologia para democratizar o acesso a projetos de arquitetura e transformar o modo como as pessoas imaginam suas casas. A ideia é, sempre, ser uma empresa aliada dos loteadores e, também, dos corretores de imóveis.

Um fator que chama a atenção do consumidor é a possibilidade de adquirir um projeto que pode ser construído por etapas. “Antigamente, eu observava o costume de algumas pessoas que comprar qualquer lote, pegar qualquer projeto (ou nem pegar) e construir sem saber se daria conta de arcar com os custos. Quando falamos sobre público econômico, essa situação era ainda mais comum. Hoje, observo que essas pessoas querem saber o custo. Eles precisam dessa informação. Então, a gente consegue mostrar, com a solução da plataforma da InstaCasa, o sonho que está na cabeça dele – e ainda ampliá-lo. A gente entra na plataforma e demonstra, ele já imagina o tamanho que o sonho dele tem, principalmente com as ampliações futuras que são possibilitadas pelo projeto. Conseguimos, enfim, oferecer um produto rico e diferente”, diz.

Planta do projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa
Planta do projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa

Como apontado pelo Fernando, nos casos de empreendimentos que buscam oferecer essa opção aos seus compradores, são disponibilizados na plataforma da InstaCasa diversas opções de projetos de arquitetura compactos com foco em Minha Casa e Minha Vida, que atendam ao valor de construção exigido. E vamos um pouco além, criando opções de casas em construção por etapas, disponibilizando projetos que sejam extensões para que seus moradores possam ampliar a quantidade de dormitórios e área de lazer e outros, com o passar dos anos e crescimento da família. Tudo isso com qualidade, sem preocupação em expandir a casa anos depois e perder qualidade de ventilação ou iluminação da casa, por exemplo.

Projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa (Frente)
Projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa (Frente)
Projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa (Fundos)
Projeto Birken, desenvolvido pela InstaCasa (Fundos)

Além disso visualização da planta em tempo real, temos outros benefícios importantes que podem auxiliar no processo de venda. Por exemplo, proporcionarmos experiência através de realidade aumentada e realidade virtual. Temos, em nossa plataforma, uma calculadora do custo de construção dos projetos escolhidos. Ainda, oferecemos total orientação para a aprovação do projeto na prefeitura local e para obtenção do financiamento para construção.

“Desde o primeiro contato, eu imaginei que a ideia casaria com nossos objetivos de venda. Primeiro porque as pessoas, de modo geral, têm dificuldade de entender como vai ficar a casa naquele terreno. Eu mesmo tenho essa dificuldade. Poder mostrar para o cliente como estará a casa dos seus sonhos, quando pronta, é uma novidade para esse público econômico”, resume.

O diretor financeiro explicou ainda que, o fato de a parceria da loteadora com a InstaCasa resultar na entrega de um projeto arquitetônico, sem custos adicionais para o cliente, no momento da compra do lote, também faz a diferença. “Esse tipo de comprador está sempre pensando no que pode fazer com o dinheiro que tem. Qualquer valor, então, faz a diferença na decisão de compra. Isso acontece porque ele também costuma analisar mais esse tipo de coisa do que o comprador de residências de alto padrão. Você dar mais uma possibilidade para ele, que é a de contar com um projeto a custo zero, feito por pessoas realmente competentes, faz toda a diferença”, finaliza.

Com isso, todos que estão encarando consumidores que passam pelo desafio de construir a sua própria casa, terão a garantia de maior qualidade de vida e bem-estar em seus loteamentos com a integração InstaCasa e Minha Casa Minha Vida.

Achou esse post relevante? Assine nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão!  

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.