O que é permeabilidade em um lote e porquê você precisa saber sobre isso?

Quando estamos sonhando com a construção da nossa casa própria, consideramos inúmeras questões, não é mesmo? Pensamos na quantidade de quartos, na fachada, na área de lazer… Se a nossa cabeça já “borbulha” com tantas ideias, já imaginou a cabeça de um arquiteto durante o processo de projetar nosso lar?

Além dos muitos pontos que já citamos em nosso blog anteriormente, falaremos, neste artigo, sobre um ponto importante que você também precisa ficar atento: a permeabilidade do lote, ou simplesmente, a absorção da água da chuva pelo solo e como isso afeta a sua casa.

Por exemplo, você sabia que é importante saber a relação com a taxa de permeabilidade do terreno e onde será construída a edificação?

Se você ainda não está familiarizado com o termo, fique tranquilo e siga esta leitura. Vamos te explicar sobre a importância da área permeável e outros conceitos usualmente utilizados pela equipe de arquitetos da InstaCasa! 😊

Permeabilidade é a absorção da água da chuva pelo solo.

Afinal, o que é permeabilidade do lote?

Para falarmos sobre o assunto, precisamos explicar, resumidamente, que a permeabilidade do lote corresponde à parte do terreno que permite que as águas da chuva sejam absorvidas pelo solo. É um fator muito importante, uma vez que se trata de uma forma de mitigar os impactos da chuva em um determinado local.

Saiba mais em Urbanismo: o impacto das chuvas nas grandes cidades brasileiras

Sabemos que as grandes cidades brasileiras crescem, em geral, desenfreadamente e às margens de rios e córregos. Com o crescimento da população e dos edifícios, rios foram sendo enterrados ou canalizados para abrirem espaço às construções. Acontece que, quando os terrenos se tornam impermeáveis, ou seja, quando são “tomados” por concreto, a água da chuva não tem para onde ir e, assim, causam alagamentos nas cidades.

A permeabilidade do solo é um ponto tão essencial que a legislação dos municípios de todo o território nacional exige que uma porção do lote, privado ou público, seja permeável. Esta é a chamada taxa de permeabilidade. Essa taxa é variável, como dito, por município. Em áreas mais centrais e adensadas costumam ser menores e, usualmente, se o lote está próximo de um rio ou de alguma reserva ambiental, a permeabilidade exigida costuma ser maior.

Então, o que é taxa de permeabilidade?

A taxa de permeabilidade corresponde ao percentual do lote que obrigatoriamente deve ser livre de edificação. E existe, principalmente, pela necessidade do solo de possuir uma área livre de construção ou pavimentação para absorver a água da chuva de forma natural.

Esta taxa é estabelecida pelos municípios, por meio de seus Planos Diretores. Existe, no geral, uma porcentagem mínima que deve ser respeitada em cada lote, de acordo com suas dimensões. Esta área permeável não pode, inclusive, estar sobre qualquer construção de subsolo, uma vez que a água precisa chegar ao lençol freático sem qualquer barreira em seu percurso.

Ou seja, você não poderá construir em 100% do seu terreno. Ao pensar no projeto da sua futura casa, você precisará saber a taxa de permeabilidade que irá determinar a metragem que não poderá ter construções.

Saiba mais em: A escolha do projeto ideal: por onde começar?

Para conhecer a taxa de permeabilidade do seu lote, o arquiteto precisa verificar a legislação municipal e encontrar informações referentes a esta questão, na lei de uso e ocupação do solo. Já para calcular, ele precisará levar em consideração a seguinte fórmula:

Fórmula matemática para cálculo de área permeável.

Por exemplo: se a área total do terreno for de 100m², e a taxa de permeabilidade for de 20% do terreno, ele deverá ter 20m² livre de construção e totalmente permeável.

É desse modo que se obtém a área permeável mínima. Qualquer construção que o proprietário do local quiser fazer fica, portanto, condicionada a esta taxa.

A área permeável é definido a partir de cálculo que considera a Taxa de Permeabilidade e o Valor da Área do Terreno.

Soluções para áreas permeáveis

Como já abordado anteriormente em nosso blog, as grandes cidades brasileiras enfrentam problemas em períodos chuvosos por conta das escassas áreas permeáveis. Quais seriam, então, soluções inteligentes para serem implantadas e melhorar essa situação?

  • Bacias de contenção, que impedem o fluxo de água chegar ao rio com rapidez;
  • Jardins de chuva, que captam, limpam e absorvem e, assim sendo, filtram a água de captação de chuva de telhados, pisos e vias;
  • Cisternas, que armazenam água da chuva em uma caixa d’água;
  • Aumento da vegetação;
  • Seixos;
  • Pedriscos;
  • “Concregramas” ou “Cobogramas”;
  • Decks de madeira;
  • Jardins.

Um bom projeto de arquitetura pode e deve se aproveitar dessas soluções para transformar as áreas permeáveis da sua casa em um ponto de grande destaque, com um bom paisagismo. E lembre-se, a área permeável não é somente um fator estético. Ela é necessária e obrigatória! 😊

Projeto da InstaCasa mostrando o jardim.

Para receber semanalmente conteúdos como esse, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todos os artigos da InstaCasa.

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.