Tipos de escada.

Tipos de escada para a sua Casa. Um guia completo

Tem dúvidas sobre escadas? Vamos esclarecer desde pontos sobre conceituação, materiais, projeção e acabamentos até tipos de escadas para a sua casa. Tudo preparado com muito carinho pelo nosso time de arquitetos.

Escadas em sua definição

Quando um projeto de arquitetura possui mais de um nível será necessária a instalação de uma escada, esta possui uma função que é, primariamente, de circulação. Esse elemento construtivo que chamamos de escada é composto por uma série de degraus e de materiais diversos.

Esse elemento construtivo que chamamos de escada é composto por uma série de degraus e de materiais diversos.

Antes de avançarmos, entretanto, entenda como se define a composição de uma escada. Ela é feita por:

  • Degraus: pisos + espelhos;
  • Pisos: pequenos planos horizontais onde se pisa;
  • Espelhos: planos verticais que unem os pisos;
  • Patamares: pisos de maior largura que sucedem os pisos normais da escada. Vai, geralmente, ao meio do desnível do pé direito. Tem o objetivo de facilitar a subida e o repouso temporário do usuário da escada;
  • Guarda-corpo e corrimão: proteção em metal, madeira, vidro, alvenaria, balaústre, grades, cabos de aço ou demais materiais. Localizados na extremidade lateral dos degraus para a proteção das pessoas que utilizam a escada.

As escadas, apesar de possuírem uma definição simples e de serem construções intuitivas no que diz respeito ao seu uso, devem seguir algumas normas especificadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), principalmente pela Norma Brasileira de acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos, a ABNT NBR 9050 ou, ainda, pela Norma Brasileira de saídas de emergência em edifícios, a ABNT NBR 9077.

A seguir, veremos, então, como deve ser calculado o projeto de uma escada. Também falaremos sobre os tipos mais comuns dessa construção que, se bem projetada por um profissional habilitado, pode ser, inclusive, um item decorativo da casa dos seus sonhos. Vamos lá? 😊

As escadas, apesar de possuírem uma definição simples e de serem construções intuitivas no que diz respeito ao seu uso, devem seguir algumas normas especificadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Curiosidade: como uma escada é projetada?

Uma escada mau projetada, ou seja, com o cálculo errado, é um perigo verdadeiro. Para você ter uma melhor noção sobre os riscos que uma escada pode oferecer, lembre-se, por exemplo, da novela “Senhora do Destino”. Foi exibida pela primeira vez em 2004, no horário nobre da Rede Globo. A personagem Maria de Nazaré Esteves Tedesco, interpretada pela atriz Renata Sorrah, fez diversas vítimas na escada, não é mesmo?

O arquiteto francês François Blondel criou uma fórmula que permite determinar as dimensões corretas de uma escada confortável e eficiente de acordo com o seu uso, constituída por:

2 espelhos + 1 piso = variação entre 63 e 65 cm

Dependendo do uso e das normativas locais, estabelecidas pela Prefeitura do município onde a construção será feita, há recomendações. Recomenda-se, por exemplo, uma largura mínima de 80 cm para escadas em residências unifamiliares e superior a 1,20 m em edifícios públicos.

Recomenda-se uma largura mínima de 80 cm para escadas em residências unifamiliares e superior a 1,20 m em edifícios públicos.

A NBR 9050, como citamos anteriormente, estabelece que a “largura das escadas deve ser estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas, conforme ABNT NBR 9077. A largura mínima recomendável para escadas fixas em rotas acessíveis é de 1,50 m, sendo o mínimo admissível 1,20 m.”

Ainda, a altura do corrimão pode variar entre 70 e 92 cm, de cada degrau de forma constante, de acordo com a ABNT NBR 9050.

A escada deve ser confortável para os habitantes da casa.

O cumprimento da norma é importante porque as escadas, independente do tipo, podem causar acidentes, principalmente entre pessoas idosas e crianças. Apesar de ser de uso comum a todos, podem oferecer riscos de graves acidentes quando projetadas e/ou utilizadas incorretamente.

Tipos de escada para a sua casa

Você conhece os tipos de escada mais comuns nos projetos de arquitetura? Está em dúvidas sobre qual é ideal para a sua casa? Se essas questões ainda rondam a sua cabeça, fique tranquilo. Vamos te ajudar! 😊

É importante lembrar que uma escada pode ter uma grande variedade de formas e configurações, mas a relação entre o piso e o espelho deve permanecer a mesma a fim de evitar o desequilíbrio dos moradores da casa.

O principal fator que diferencia os modelos de escadas é o formato. Ele varia de acordo com a quantidade e direção dos lances, bem como a disposição dos degraus. Podemos dividir os modelos mais comuns em:

  • Escada reta: como o próprio nome diz, a escada reta é construída em uma única direção e funciona bem em ambientes pequenos e médios;
Como o próprio nome diz, a escada reta é construída em uma única direção e funciona bem em ambientes pequenos e médios.
  • Escada caracol: possui um formato de curva e dá voltas em si mesma. A escada caracol mais comuns é a compacta, com até 1,50m de diâmetro, e nessa configuração não é recomendada para ambientes residenciais. Ela também não deve ser construída para dar acesso a ambientes de uso prolongado, como, por exemplo, quartos e/ou salas;
Apesar de ser uma escada bonita, a escada caracol não é recomendada para residências pois não possui tanta segurança.
  • Escada em L: esse modelo se caracteriza por ter uma virada de 90º na direção em que segue para o próximo andar, por isso seu formato lembra uma letra L;
A escada em L se caracteriza por ter uma virada de 90º na direção em que segue para o próximo andar, por isso seu formato lembra uma letra L.
  • Escada em U: a escada em U segue uma linha reta até mudar de direção em 180º. Essa mudança pode ser no começo, no meio ou no fim dos degraus;
A escada em U segue uma linha reta até mudar de direção em 180º. Essa mudança pode ser no começo, no meio ou no fim dos degraus;
  • Escada em leque: a escada em leque costuma ser instalada nos formatos U e L. Deve-se atentar para a sua regulamentação de acordo com o município em que será construída, uma vez que não possui uma área de segurança larga e pode, por isso, ser proibida em alguns lugares;
A escada em leque costuma ser instalada nos formatos U e L.
  • Escada marinheiro: a escada do tipo Marinheiro deve ser instalada somente em locais de acesso restrito. Por exemplo: reservatórios elevados de prédios, acesso à caixa d’água, barriletes e outros, onde só é permitido o acesso de pessoas autorizadas e/ou especializadas no serviço a ser feito.
A escada do tipo Marinheiro deve ser instalada somente em locais de acesso restrito.

Materiais indicados para a estrutura e acabamento

O profissional que cuidará do projeto e/ou da execução da obra da sua residência poderá discutir com você os materiais que serão utilizados para a estrutura e, também, para dar o acabamento à sua escada.

Ela pode ser construída com diversos materiais. Aqui, vale lembrar: mesmo que um possua melhor aspecto estético do que outros, é importante que você também leve em consideração a segurança e a durabilidade.

Ela pode ser construída com diversos materiais. Aqui, vale lembrar: mesmo que um possua melhor aspecto estético do que outros, é importante que você também leve em consideração a segurança e a durabilidade.

Na maioria dos casos, os materiais preferidos para formar a estrutura de escadas são aço, madeira e concreto armado. Ainda, dependendo do seu gosto, por exemplo, o projetista poderá optar por mesclar esses elementos, dando um ar moderno para a construção.

Nos degraus (pisos e espelhos), você pode incluir materiais como, por exemplo, pedra (mármore/granito), madeira, vidro, inox, acrílico, cerâmica ou, ainda, porcelanato.

Nos degraus (pisos e espelhos), você pode incluir materiais como, por exemplo, pedra (mármore/granito), madeira, vidro, inox, acrílico, cerâmica ou, ainda, porcelanato.

Materiais indicados para corrimão e guarda-corpo

Chegando nesta fase, certamente, o profissional projetista deverá te explicar que o corrimão a ser instalado também deverá dialogar com os materiais escolhidos para a estrutura e acabamento da escada. Para isso, você tem diversas opções além do tradicional corrimão de madeira. Há, por exemplo, modelos de ferro tubular, aço inox ou, ainda, alumínio.

Você tem diversas opções além do tradicional corrimão de madeira. Há modelos de ferro tubular, aço inox ou, ainda, alumínio.

Para o guarda-corpo, o vidro é um material muito indicado, especialmente em guarda-corpo de escadas de linhas simples. Existem, também, guarda-corpos de madeira ou ferro, cujas peças devem ter barras sobrepostas ou dispostas de modo a compor desenhos retos, preferencialmente verticais, garantindo maior segurança aos usuários.

Para o guarda-corpo, o vidro é um material muito indicado, especialmente em guarda-corpo de escadas de linhas simples.

Achou esse post relevante? Assine nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão!

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.