Tipos de iluminação para a sua casa

Aqui no Blog InstaCasa, anteriormente, nós falamos sobre projetos de luminotécnica e, também, sobre iluminação artificial na arquitetura. Os artigos, cada um completo do seu jeito, foram aprofundados por especialistas para ensinar a você, leitor(a), alguns conceitos que criam uma boa iluminação em um ambiente. Neste artigo, entretanto, abordaremos outra vertente do assunto: os tipos de iluminação para a sua casa.

Falando de forma geral, existem três tipos de iluminação: direta, indireta e difusa. A escolha da iluminação correta vai te ajudar a garantir a funcionalidade e o conforto dos ambientes da sua casa, deixando-a mais bonita e aconchegante, como um lar deve ser. Pensando dessa forma, é importante que você conheça as diferenças e características desses tipos de iluminação. Vamos começar?

Tipos de iluminação para a sua casa

Iluminação direta

Como o próprio nome indica, a iluminação direta é aquela na qual você direciona a luz para determinado ponto do seu cômodo que você queira destacar. Você pode utilizar a iluminação direta para destacar quadros, painéis, plantas, jardins de inverno, esculturas e, até mesmo, um mobiliário afetivo.

A iluminação direta também é a mais indicada para o seu espaço de estudos, cabeceira de leitura e/ou home office, uma vez que colabora para a leitura e causa a sensação de “despertar” que espaços de concentração permanente exigem.

Você pode obter luz direta com a utilização de:

  • Spots;
  • Abajures;
  • Luminárias de mesa;
  • Pendentes.
Iluminação direta

Iluminação difusa

A luz difusa é extremamente versátil e o profissional contratado para criar o projeto de luminotécnica da sua casa vai adorar trabalhar com ela!

A iluminação difusa é feita por meio de um “filtro”, que fica ao redor do ponto de luz. Este filtro é chamado de difusor. Ele serve para espalhar a luz para todas as direções, e não agride a vista, gerando menos sombras no ambiente e uma sensação de conforto muito maior. Muito utilizada no ponto central dos ambientes para criar a iluminação geral do espaço. Com a iluminação difusa, nada fica iluminado demais ou pouco iluminado.

A iluminação difusa pode ser feita com:

  • Plafons;
  • Placas de LED;
  • Luminárias de vidro branco.
Iluminação difusa

Iluminação indireta

Por último, mas não menos importante, temos a iluminação indireta, que é um tipo de iluminação utilizada para iluminar um ambiente inteiro de forma uniforme, com a luz branca ou amarelada. Para que esse resultado seja obtido, o facho de luz deve ser refletido sobre uma superfície e, depois, ampliado para todo o espaço. É o caso, por exemplo, das sancas de gesso.

Considerando que a luz indireta reflete sobre algo antes de se espalhar pelo ambiente, iluminando-o, as cores utilizadas nos revestimentos da casa podem influenciar no resultado. Por isso, revestimentos mais claros tendem a potencializar esse tipo de iluminação.

Você pode aplicar a iluminação indireta com o uso de:

  • Arandelas que iluminam a parede;
  • Sancas;
  • Lustres que iluminam para cima.
Iluminação indireta

E então, deu pra entender um pouco mais sobre os tipos de iluminação existentes? Conta pra gente na caixa abaixo! Ah, não deixe de se inscrever em nossa newsletter para receber, semanalmente, conteúdos sobre arquitetura, decoração e inovação!

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.