BIM

Você já ouviu falar sobre BIM?

O BIM é a sigla para Building Information Modeling que, em português, significa Modelagem da Informação da Construção. Trata-se de uma metodologia que permite que o arquiteto ou engenheiro, que está criando um projeto, faça uma simulação digital, manejando todas as informações de um projeto de arquitetura em diversos níveis. Isso permite maior assertividade na hora de criar e modelar.

Por se tratar de uma metodologia fundamental nos projetos de arquitetura atuais, convidamos o Arquiteto e Urbanista Rafael de Magalhães Almeida, Gerente de Desenvolvimento BIM na InstaCasa, para um #PapoDeEspecialista mais do que especial, uma vez que estamos oferecendo essa metodologia aplicada ao mercado de loteamentos brasileiro! 

Quer saber mais sobre BIM? Continue com a gente e não perca nada sobre o tema!

Projeto desenvolvido em BIM na InstaCasa

Quais são, na prática, os benefícios da metodologia BIM?

Rafael de Magalhães Almeida
Rafael de Magalhães Almeida é Arquiteto e Urbanista formado pela Unicamp. Especialista em BIM, atuou em diversos projetos no Brasil e no exterior.

A metodologia BIM permite o gerenciamento da informação de forma inteligente ao longo do ciclo de vida de um projeto, automatizando processos de programação, projeto conceitual, detalhes, análises, documentação, fabricação, logística de construção, operação e manutenção, renovação e, também, demolição.

De acordo com Almeida, a InstaCasa se beneficia da metodologia BIM porque esta significa a “migração” de uma metodologia de desenho no computador, no CAD, como uma prancheta virtual, para uma construção erguida na tela, à sua frente. Com a metodologia BIM, a gente constrói a casa com todos os elementos, e dentro do computador. Conseguimos colocar paredes, portas, janelas, estruturas, fundação, além de todas as instalações elétricas e hidráulicas. Fazemos uma coisa chamada ‘gêmeo digital’, que significa fazer, no computador, o que será feito na vida real”.

Segundo o Gerente de Desenvolvimento BIM da InstaCasa, a metodologia permite aos profissionais elaborar esses projetos em todo o seu ciclo de vida, desde o início, apurando sua viabilidade, a sua manutenção, através da compatibilização de disciplinas na expressão gráfica, até o planejamento, resultando em uma melhora significativa de qualidade. “Isso melhora muito a qualidade do projeto de arquitetura, principalmente porque conseguimos visualizar melhor as relações entre os aspectos dos loteamentos e o resultado final, uma vez que conseguimos visualizar o projeto em 3D. Além disso, para o loteador, a metodologia BIM é benéfica pois, uma vez construída no computador, conseguimos disponibilizar um espaço virtual no qual as pessoas consigam visitar a casa antes de ela ser construída. Isso colabora muito para que os clientes entendam melhor o projeto e como o espaço se configura. É muito mais fácil entender se você consegue entrar e visualizar, ainda que virtualmente”, explicou.

Projeto em Bim desenvolvido pela equipe da InstaCasa

Como está sendo a implementação do BIM na plataforma da InstaCasa?

De acordo com Almeida, a InstaCasa está fazendo essa migração de CAD (desenho) para BIM (construção) e logo estará disponível para todos os projetos existentes na plataforma, e, assim, as pessoas terão informações mais claras e detalhadas sobre aquela que pode ser a casa de seus sonhos. “Quando a gente constrói a casa de forma virtual, com a metodologia BIM, a gente consegue extrair informações que ajudam o cliente na hora da tomada de decisão. Por exemplo, com a tecnologia BIM, conseguimos simular a insolação em um determinado lote, e fazer com que a plataforma tenha essa informação, que ajuda o cliente a entender como aquele sonho se tangibilizará. Além da insolação, também conseguimos simular aspectos como iluminação natural e desempenho termoacústico”, citou.

Sobre o andamento da implementação do BIM na InstaCasa, o arquiteto informou que a plataforma está sendo alimentada com a inteligência da metodologia. “Esse ano, alguns projetos estão sendo convertidos. No mês de novembro, pretendemos iniciar o treinamento de todo o restante do time de arquitetura, para que, em abril ou maio de 2022, estejamos com a metodologia BIM 100% implementada na operação da InstaCasa”, explicou Almeida.

Projeto em BIM desenvolvido pela InstaCasa

Benefícios para o loteador

“Um dos principais benefícios da metodologia BIM, para o loteador, é a relação do projeto com a topografia. Como as topografias de um loteamento são muito variadas, a gente consegue saber qual projeto é mais eficiente na relação de corte e aterro do terreno. Além disso, o BIM permite que coloquemos dados dos empreendimentos e até mesmo dos proprietários do lote, tudo de forma automática”, falou o arquiteto.

Além disso, é possível levar todo o loteamento para dentro da metodologia BIM. Assim, o time de arquitetura modelará o loteamento inteiro no computador. Desta forma, a equipe de desenvolvimento de projetos da InstaCasa terá uma série de informações integradas a respeito de cada lote, como topografia, dimensões, orientações, e até mesmo a respeito de legislações municipais. “Conseguiremos ter uma inteligência que abriga dados dos lotes, que será cruzada com os projetos e, assim, aumentará a gama de opções de casas para os proprietários de lote. Isso ajuda a mitigar erros e, ainda, facilita a aprovação dos projetos na prefeitura, o que contribui para um bairro melhor ocupado”, comentou Almeida.

E então, o que você achou sobre a metodologia BIM? Conta pra gente na caixa de comentários abaixo! E se você curte conteúdos relacionados a arquitetura, decoração, inovação e loteamentos, assine a nossa newsletter e receba, semanalmente, artigos preparados pela nossa equipe de especialistas.

Faça parte do mundo de Arquitetura e Tecnologia para Loteamentos.

Assine nossa Newsletter e descubra como!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.